O Projeto Jardinalidades desenvolve a noção da jardinagem como prática artística, criação de territorialidades e potencial de intervenção nas dinâmicas urbanas.

 

A partir de um processo de agenciamento de propostas relacionais voltadas para o espaço público e para as áreas verdes da cidade, buscou-se ampliar o conceito de jardinagem. As articulações entre os trabalhos produzem reflexões sobre o ato da jardinagem como tática poética-estética-política, e o jardim como espaço relacional e laboratório experimental em arte. Do jardim provém a instauração de diversos espaços, de diferentes paisagens, através de microambientes que se transformam sob diversas condições espaço-temporais, com as apropriações, improvisações e práticas cotidianas do espaço vivido.

 

A investigação se iniciou em 2015 com o projeto Jardinagem: territorialidade, temporalidade, ato político, concebido pela artista e arquiteta Faetusa Tezelli. Realizado na cidade de Curitiba, PR, teve como suas principais ações intervenções urbanas, rodas de conversas, mapeamento de trabalhos, oficinas de permacultura e técnicas agloflorestais, realização de horta urbana junto a comunidades de bairros periféricos e trocas de sementes crioulas em espaços públicos.

 

Entre maio e agosto de 2016, numa parceria com a artista e geógrafa Gabriela Leirias, o projeto se desdobra para o estado de São Paulo e propõe uma aproximação com a realidade deste território específico propiciando outras interações, trocas de saberes e produção de conhecimentos. 

Além de intervenções urbanas e proposições artísticas de Faetusa Tezelli e Gabriela Leirias, Grupo Contrafilé, Grupo Thislandyourland, Newton Goto, Teresa Siewerdt, oficina de permacultura na Vila Itororó com Peter Webb e workshop / espaço de fruição Jardinalidades, será proposta uma roda de projetos no Espaço Fixos e Fluxos e um encontro na Casa do Povo conectando produções artísticas e ativistas locais.

 

Acompanhe a programação do projeto pelo site e pelo facebook https://www.facebook.com/jardinalidades

 

 

O Projeto Jardinalidades desenvolve a noção da jardinagem como prática artística, criação de territorialidades e potencial de intervenção nas dinâmicas urbanas.

 

A partir de um processo de agenciamento de propostas relacionais voltadas para o espaço público e para as áreas verdes da cidade, buscou-se ampliar o conceito de jardinagem. As articulações entre os trabalhos produzem reflexões sobre o ato da jardinagem como tática poética-estética-política, e o jardim como espaço relacional e laboratório experimental em arte. Do jardim provém a instauração de diversos espaços, de diferentes paisagens, através de microambientes que se transformam sob diversas condições espaço-temporais, com as apropriações, improvisações e práticas cotidianas do espaço vivido.

 

A investigação se iniciou em 2015 com o projeto Jardinagem: territorialidade, temporalidade, ato político, concebido pela artista e arquiteta Faetusa Tezelli. Realizado na cidade de Curitiba, PR, teve como suas principais ações intervenções urbanas, rodas de conversas, mapeamento de trabalhos, oficinas de permacultura e técnicas agloflorestais, realização de horta urbana junto a comunidades de bairros periféricos e trocas de sementes crioulas em espaços públicos.

 

Entre maio e agosto de 2016, numa parceria com a artista e geógrafa Gabriela Leirias, o projeto se desdobra para o estado de São Paulo e propõe uma aproximação com a realidade deste território específico propiciando outras interações, trocas de saberes e produção de conhecimentos. 

Além de intervenções urbanas e proposições artísticas de Faetusa Tezelli e Gabriela Leirias, Grupo Contrafilé, Grupo Thislandyourland, Newton Goto, Teresa Siewerdt, oficina de permacultura na Vila Itororó com Peter Webb e workshop / espaço de fruição Jardinalidades, será proposta uma roda de projetos no Espaço Fixos e Fluxos e um encontro na Casa do Povo conectando produções artísticas e ativistas locais.

 

Acompanhe a programação do projeto pelo site e pelo facebook jardinalidades

 

  • 13166099_1089753014422916_3694358864728025225_n

03

junho

Roda de projetos no

Espaço Fixos e Fluxos, SP

04

junho

Grupo Contrafilé

Intervenção urbana

Teresa Siewerdt

Intervenção urbana

11

junho

11

junho

11

junho

Laboratório Jardinalidades 

Zona da Mata

no Instituto Goethe, SP

12

junho

Jardinagem Baldia no

Descolonization

17

junho

Goto

Intervenção urbana

18

junho

Encontro Jardinalidades

na Casa do Povo, SP

18

junho

Grupo Thislandyourland

Lançamento da Plataforma

PROJEÇÕES: 100Km2

DE CAATINGA 

na Casa do Povo, SP